Roberto Hentz trabalha com massagem dês de 2011, ano em que se formou técnico em massoterapia, e com quiropraxia dês de 2012, ano em que fez a primeira de muitas especializações na área. Mas seu histórico com o ramo de terapias manuais vem de muito antes disso, ainda na adolescência em seus acampamentos de fim de semana com um grupo de esportes radicais onde os membros da equipe chegavam ao destino sempre doloridos depois da longa caminhada mato a dentro e morro a cima com uma mochila de mais de 15 quilos nas costas surgiu a ideia de o grupo todo massagear um a um, até que todos tivessem recebido o “tratamento”, e nisso Roberto passou a se destacar com mãos firmes e hábeis, mesmo sem instrução alguma.

Mais tarde Roberto mudou-se para o Paraguai, onde passou um ano morando com uma tia que sofria muito de dor nos ombros, pescoço e região alta das costas, e ele resolveu dar uma mãozinha, sem saber direito o que estava fazendo contribuiu muito para o alívio das dores.

Quando voltou ao Brasil resolveu buscar um curso na área, e por indicação de uma amiga também massoterapeuta matriculou-se no CBES (Centro Brasileiro de Ensinos Sistêmicos), escola a qual deve toda a sua carreira.